Análises e Visualizações

Quais são as palavras mais usadas por António Ramos Rosa na sua poesia? Como surgem nos diferentes livros do autor? O que nos diz esse uso repetido? É possível encontrar padrões? O que nos revelam?

Para responder a estas e a outras perguntas, a equipa do projeto Ver a Árvore e a Floresta desenvolveu um conjunto de análises computacionais de texto que agora apresentamos sob a forma de visualizações de informação. [Release 1, junho 2024]

O corpus de análise engloba os livros publicados por Ramos Rosa entre Viagem através duma Nebulosa (1960) e Numa Folha, Leve e Livre (2013). Segue-se a versão coligida nos três volumes de Obra Poética preparados por Luis Manuel Gaspar para a Assírio & Alvim (vol. 1, 2018; vol. 2, 2020; vol. 3, 2024). Agradecemos ao editor e a Maria Filipe Ramos Rosa a autorização e generosidade que nos permitiu trabalhar com a versão estabilizada da obra poética do autor.

As análises foram realizadas em linguagem R no ambiente RStudio e as visualizações foram produzidas com recurso ao RAWGraphs. Além do uso de ferramentas open source e não proprietárias, também se seguem práticas de ciência aberta na disponibilização dos dados e dos scripts. Fornecem-se os dados das análise (csv) junto de cada visualização e também no repositório Zenodo. O código será disponibilizado em breve sob forma anotada.

Visão Panorâmica

ver

Quais os termos mais frequentes na poesia de António Ramos Rosa?

Qual a distribuição desses termos ao longo da sua obra?

Reinos Animal, Vegetal e Mineral

ver

Qual a expressão dos diferentes reinos da natureza na poesia de António Ramos Rosa?

Quatro Elementos

ver

Que presença têm os elementos primordiais na poesia de António Ramos Rosa?